Os vereadores de Palmas, sul do Paraná, estarão votando seis projetos de leis na noite desta segunda-feira(03) durante a 36º sessão ordinária do Poder Legislativo.Vários outros estarão iniciando tramitação, incluindo o do Orçamento do Município para o próximo ano.

Um das votações que deverá gerar ampla discussão é o que trata da Emenda à Lei Orgânica para fixar em nove o número de vereadores para a próxima legislatura, ao contrário das atuais 13 vagas atualmente existentes. O projeto de autoria do vereador Acioli Ribas(PTB) é a segunda tentativa para a redução. Em 2013, a proposição de igual teor foi apresentava pelo vereador Cristien Galli(PSDB), foi reprovada em votação em plenário.

Outro projeto que será votado em primeiro turno é o que  autorizará o executivo a estabelecer convênio com a Associação Comercial e Empresarial de Palmas com o objetivo de instalação de um Ponto de Atendimento do SEBRAE, no município. Com a medida, o executivo estará autorizado a repassar recursos financeiros para a ACIPA para pagamento do profissional de consultoria que atuará na unidade. Além do apoio aos micro e pequenos empresários, o SEBRAE atuará de forma permanente no apoiamento ao MEI – Micro Empreedendores Individuais, junto ao Departamento de Indústria e Comércio.

Os vereadores também começam a analisar o projeto do Orçamento do Município para 2015.  A lei foi encaminhada pelo Poder Executivo e antes de ser votado  em plenário deverá tramitar pelas comissões Comissões de  Legislação, Constituição e Justiça; Finanças e Orçamento; e Mérito. Com base na LDO – Lei de Diretrizes Orçamentárias,  recentemente aprovada pelo legislativo, o orçamento de Palmas para o próximo ano deverá estar fixado em R$ 140 milhões.

PAUTA