Ocorreu na noite de domingo(04) a homologação da nova composição do Diretório do PMDB de Palmas, sul do Paraná. A oficialização ocorreu pelo vice-presidente estadual, Dep. Anibelli Neto ao novo presidente, Daniel Langaro, eleito no último mês de outubro.

WhatsApp-Image-2017-12-03-at-11.57.03-PM-1-300x225
  • Compartilhe no Facebook

Dep. Anibelli entregou homologação do novo Diretório

O dirigente estadual salientou que com a oficialização, a partir de seu novo presidente, o partido poderá realizar um bom trabalho em favor do partido e do município. “ Pela alegria e energia que está esbanjando, o Daniel fará um bem danado e um trabalho bacana para o PMDB. Ele a cada dia está se preparando mais para um dia administrar bem o município”, disse o Anibelli. Apostou que Langaro terá condições de enfrentar o desafio de agregar ao PMDB novas lideranças e pessoas que possam fazer uma oposição construtiva ao governo municipal.

O novo presidente da Executiva, por sua vez, demonstrou satisfação em poder conduzir os peemedebistas do município. “ Queremos que o PMDB seja forte no Paraná e no Brasil, embora não concordemos com algumas coisas que acontecem”, disse ele. Projetou que, em nível local, será possível fazer um bom trabalho e,  como sugeriu o deputado, irá buscar novas lideranças para uma oposição construtiva que  possa colaborar e participa do progresso e crescimento do município, apontando correções, orientando e dando ideias ao programa do atual governo municipal. “Palmas está defasada em algumas coisas e nós precisamos pensar o crescimento do município de forma conjunta” disse ele.

O Partido esteve nos últimos 20 anos sob a direção da família do ex-vereador, Wilmo Rodrigues Correia da Silva e, mais recentemente, de seu filho, o vereador Ezequiel da Silva. Em relação a esta questão, Lângaro destacou que toda a experiência deve ser valorizada para estabelecer novas perspectivas para o partido e para Palmas.