O debate para reduzir o salário dos vereadores de Chopinzinho, contínua na boca da população. Desde o mês de agosto, um projeto de ação popular está coletando assinaturas para encaminhar a Câmara Municipal, projeto de Lei que estipule em R$ 1 mil por mês o novo subsídio.

+“Além” da redução de salários

1397989_709471999062999_729252155_o
  • Compartilhe no Facebook

Tavares/ Foto: Arquivo Pessoal

Na última sexta-feira (09) foi intensificado na área central da cidade a campanha. Segundo o idealizador do projeto, Erondi Tavares, “estamos tentando com essa redução, fazer sobrar mais dinheiro para os cofres públicos do município. Estou fazendo visita nas casas do pessoal, nas ruas e está sendo muito produtiva. Você vai ouvindo as ideias, pessoas que concordam com a redução, elas se propõem a assinar”.

Atualmente cada vereador chopinzinhense ganha R$ 6.256,58. Somado o subsídio dos nove legisladores, o gasto mensal chega a R$ 56.309,22. “Estou com a minha proposta de um mil reais. É o salário mínimo no Paraná, mas a população quer que seja um salário mínimo nacional. Em conversa, elas concordam que seja de um mil reais”. Destaca Tavares ao argumentar o valor dos salários que está em debate.

A coleta de assinaturas prossegue durante o mês de outubro, o projeto finalizado será entregue ao legislativo em novembro, “já consegui as assinaturas suficientes conforme é previsto em lei, que é de cinco por cento dos eleitores de Chopinzinho”.