Em entrevista exclusiva à Rádio Club de Palmas na manhã desta quinta-feira (21), o ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, falou sobre os programas de transferência de renda que estão em andamento, como o auxílio emergencial, e também sobre a situação econômica do país.

O ministro comentou sobre o calendário de pagamento da segunda parcela do auxílio, que teve inicio na última segunda-feira (18), que deve totalizar R$ 41 bilhões, repassados a mais de 60 milhões de beneficiários.

Citou que, diante da realidade aferida durante os levantamentos para o pagamento do auxílio emergencial, o governo projeta a implementação de políticas públicas voltadas à essa parcela da sociedade, que tem necessitado de maior apoio. Para isso, avalia o ministro, a reforma previdenciária aprovada em 2019 foi fundamental para o que país possa absorver o impacto fiscal do pagamento do auxílio de forma mais controlada.

Sobre a possibilidade de prorrogação do auxílio emergencial, salientou que existem movimentos neste sentido, porém, as atenções do governo se voltam para o pagamento das três parcelas, sem ainda previsão para a continuidade. Ouça a entrevista na íntegra:

Foto: Rafael Carvalho- Ministério da Cidadania