Os Poderes Executivo e Legislativo de Palmas, sul do Paraná, gastaram 134 mil reais em diárias no primeiro quadrimestre de 2016, conforme o Portal da Transparência. O Legislativo utilizou um valor 62% superior aos gastos praticados pelo gabinete do prefeito e Departamentos da Administração local. Em comparação com o mesmo período do ano passado, o uso pelos vereadores e servidores teve redução de 12,30%. Entre janeiro e abril de 2015 a Câmara gastou R$ 94.723,22 contra R$ 83.071,24 neste ano. Em todo  2015, a Câmara gastou R$ 281.497,54 e o Executivo R$ 237.295,55 com diárias.

A concessão de diárias para vereadores não é ilegal e está normatizada pela resolução 01/2014. Para fora do estado, o valor está fixado em R$ 629,93. Para deslocamento no Paraná, os vereadores e servidores têm direito a R$ 566,91. Já para deslocamentos pela região, o valor é de R$ 236,22. Além dos 13 vereadores, o Legislativo conta com 11 servidores.
DIÁRIAS EXECUTIVO
Para o prefeito e vice, o valor concedido para deslocamento pela região Sudoeste do PR é de R$ 200,00. Para as viagens para além do contexto regional e estadual, o valor é de R$ 500,00.

Os Diretores e Assessores de departamentos tem valor de R$ 200,00 para o âmbito regional e R$ 400,00 para fora do estado. Para motoristas, por exemplo, são pagos valores referentes às refeições (almoço e jantar) de R$ 25,00 reais cada e para lanche e café da manhã R$ 15,00. Para o pernoite é destinado um valor de R$ 120,00. Conforme o  Diretor de Recursos Humanos da Prefeitura, Julio Dresch, atualmente o Poder Executivo tem um quadro de 1266 servidores ativos e outros 53 inativos.