Já pensando no processo eleitoral de 2020, o diretório municipal do MDB (Movimento Democrático Brasileiro) de Chopinzinho, no Sudoeste do Estado, realizou sua convenção municipal neste sábado (19). Realizada na sede da Associação Chopinzinhense de Vovôs (Clube do Vovô), a convenção reuniu cerca de 300 pessoas, entre filiados e simpatizantes. Na ocasião, foi realizada a eleição no novo diretório municipal, cujo mandato terá validade para os próximos dois anos. O atual presidente, advogado Rubinei Melotto, foi reconduzido ao cargo.

  • Compartilhe no Facebook

Prefeito Álvaro Scolaro poderá disputar a reeleição, segundo debatido na convenção. Foto: Evandro Artuzi/RBJ

Após a eleição, foi realizado um debate com vistas às eleições de 2020. Os vereadores Luiz Sérgio Ferreira (PSL), Nereu Hengen (SD), Marcos Monteiro (PSDB) e José Ângelo Foppa (MDB), além de lideranças e simpatizantes do MDB se manifestaram perante aos filiados, declarando apoio à possível reeleição do prefeito Álvaro Scolaro. O agricultor Euclides Forlin, da comunidade de Santo Antônio, também fez uso da palavra e solicitou que o prefeito participe da disputa em 2020.

Em entrevista à Extra FM, o presidente do diretório municipal, Rubinei Melotto, avaliou de forma positiva a atuação do prefeito Álvaro Scolaro, citando a honestidade e transparência como marcas de seu governo. Melotto defende a reeleição, bem como o fortalecimento da sigla para a disputa do legislativo municipal.

Em seu pronunciamento, o prefeito Álvaro Scolaro agradeceu o apoio recebido da população e dos colegas partidários em 2016, quando disputou pela primeira vez um cargo público. Lembrou que naquela oportunidade se lançou com apenas 3% na pesquisa de opinião pública e conseguiu a eleição, graças ao trabalho do MDB e dos demais partidos que integraram a coligação. Citou a mudança promovida no município em seu mandato, com ações que devolveram a confiança à população, a qual viveu um tempo de insegurança diante de tantos fatos negativos registrados nos últimos anos. Ainda lembrou as obras que foram realizadas nos dois primeiros anos e as que estão sendo executadas ao longo desse ano de 2019, muitas delas com apoio dos governos do Estado e Federal.