A chamada pulverização de votos e o elevado índice de abstenção eleitoral voltaram a se repetir nas eleições gerais de 2014 no município de Palmas, sul do Paraná. Mais de uma centena de candidatos a deputado estadual e outra a deputado federal receberam votos no município. Por outro aspecto o índice de não comparecimento às urnas superou os 20% do eleitorado local.

Conforme os dados oficiais do TSE – Tribunal Superior Eleitoral, um total de 188 candidatos à Câmara Federal obtiveram pelo menos 1 voto no município. Para a Assembléia, são 127 candidaturas com voto de palmense. Em relação a 2010, houve aumento da pulverização de votos. Naquele eleição 148 candidatos a deputados estaduais e 121 federais haviam recebido votos no município.

No último domingo(05) 6.710 eleitores deixaram de votar, com um índice de abstenção de 23,35% dos 28.735 eleitores de Palmas. O índice praticamente se manteve no patamar de 2010, quando 24,42% do eleitoral, ou seja, 6678 igualmente não foram as urnas.No Estado do Paraná, o índice de abstenção ficou em 16,85 % do total de eleitores. No Brasil, o índice ficou em 19,39%