A Justiça Eleitoral cancelou mais de 3,6 mil títulos de eleitores na região Sudoeste do Paraná. Os dados foram divulgados na última sexta-feira (24). O cancelamento ocorreu após a ausência não justificada dos eleitores nas últimas três eleições.

Francisco Beltrão foi o município com maior número de cancelamentos (902), seguido por Pato Branco (900). Dos 42 municípios da região, 26 registraram cancelamentos de títulos.

  • Compartilhe no Facebook

Quem teve o título cancelado deverá pagar uma multa e, em seguida, poderá fazer a regularização da sua situação no seu cartório eleitoral, levando documento de identificação oficial original com foto, comprovante de residência e o título, se ainda o possuir.

O eleitor que teve o documento cancelado poderá ser impedido de obter passaporte ou carteira de identidade, receber salários de função ou emprego público e contrair empréstimos em qualquer estabelecimento de crédito mantido pelo governo.

A irregularidade também pode gerar dificuldades para inscrição, investidura e nomeação em concurso público; renovação de matrícula em estabelecimento de ensino oficial ou fiscalizado pelo governo; e obtenção de certidão de quitação eleitoral ou qualquer documento perante repartições diplomáticas a que estiver subordinado, entre outras.