O governador Beto Richa (PSDB) confirmou nesta, segunda-feira (04), a liberação de mais R$ 4 milhões para área da Saúde de Pato Branco. Os recursos serão repassados ao Instituto de Saúde São Lucas para atendimento de emergência e neonatal, além do custeio através do HospSUS no Hospital São Lucas.

“Modificamos o quadro que dificultava a captação de recursos com reconhecimento dos institutos dos hospitais privados como utilidade pública e assim podemos ampliar o atendimento através do SUS”, ressaltou o deputado estadual Guto Silva (PSD), autor da lei que reconhece o Instituto como utilidade pública e que articulou com a diretoria do hospital a inclusão entre as instituições que recebem recursos do Governo do Estado.

Os recursos serão repassados em duas frentes: R$ 1,6 milhões para compra de equipamentos para o Rede Paraná Urgência – para atendimento de emergências – e Rede Mãe Paranaense; mais R$ 2,4 milhões serão destinados ao custeio do atendimento ao público no período de um ano.

De acordo com o presidente do Instituto, médico João Petry, os equipamentos que serão adquiridos com repasse já foram licitados, como nova Central de Oxigênio, 10 respiradores para UTI adulto e 5 para UTI neonatal. “O SUS representa 70% do atendimento do hospital e os recursos não são suficientes para renovação de equipamentos”, explicou Petry ao destacar que o Hospital São Lucas realiza cerca de 200 partos por mês e é referência em neurocirurgia e cirurgia bariátrica, com UTIs para adultos e recém nascidos.