O deputado federal pelo Paraná, Osmar Serraglio (PMDB) foi eleito na terça-feira (03), presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados, considerado colegiado mais importante da Casa, visto que é o responsável por analisar todas as propostas que tramitam na Câmara. Considerado aliado de Eduardo Cunha (PMDB), caberá a Serraglio comandar a análise dos recursos que podem anular o processo de cassação de Cunha, que tramita no Conselho de Ética.

Sobre esse ponto, o deputado paranaense afirmou que não tem qualquer “compromisso” e que agirá com imparcialidade na análise do recurso que beneficia o presidente da Câmara. Informou ainda que manterá o deputado Elmar Nascimento (DEM-BA) na relatoria dos recursos do presidente da Câmara. O parlamentar baiano já declarou parecer favorável à anulação da decisão do Conselho de Ética sobre a continuidade ao processo de Cunha, podendo levar o processo por quebra de decoro à estaca zero.

Na eleição da nova mesa, foram escolhidos outros vice-presidentes da CCJ. A deputada Cristiane Brasil (PTB-RJ) foi eleita segunda-vice e o deputado Covatti Filho (PP-RS) o terceiro-vice. Concorrendo como chapa única, a nova composição obteve  43 votos a favor e sete votos em branco.