A juíza, a promotora e a suplente de vereadora da cidade de Ponte Serrada(SC) sofreram tentativa de homicídio na noite de ontem(31). Conforme publicou na manhã dessa quinta-feira, a emissora da cidade(Rádio Namba) vários disparos de arma de fogo foram desferidos contra o carro onde se encontravam.

O fato teve início, por volta das 19h30 na Vila CTG quando algumas pessoas sem nada dizer atiraram  contra o seu carro da suplente Fernanda Paglia, bem como de seu esposo, que vinha logo atrás em outro veículo.Diante dos fatos, foram acionadas a Policia Civil, Militar, Promotoria e a Justiça Eleitoral que, através do promotor e juíza eleitoral da Comarca, estiveram no local. Quando se deslocavam para a Delegacia de Polícia para o registro do Boletim de Ocorrência, novamente houve disparos de arma de fogo contra o veiculo onde se encontravam.

Na Delegacia já foram registrados vários Boletins de Ocorrência por ameaças neste período que antecede as eleições suplementares marcadas para o próximo domingo(04).O pleito foi  marcado após a confirmação do indeferimento dos registros das candidaturas de Clodemar Ferreira (PP) ao cargo de prefeito e de Sandro Fávero (PSDB) a vice, eleitos com mais de 50 % dos votos no pleito de 2012.