A Câmara de Vereadores de Clevelândia declarou extinto o mandato do vereador Vilson Sebastião Dlugoss, popular Pitanga, após condenação criminal pelo Tribunal de Justiça do Paraná.

Na sessão ordinária da última segunda-feira (04), o juiz eleitoral da comarca de Clevelândia, Gabriel Ribeiro de Souza Lima, encaminhou ofício à Câmara,  comunicando a condenação criminal e determinando a declaração de extinção do mandato do parlamentar e convocação de suplente para assumir o cargo.

No ato publicado nesta sexta-feira (08), o Poder Legislativo considerou o entendimento da Justiça Eleitoral para a perda imediata do mandato, não cabendo à Câmara deliberar sobre o assunto.

O Legislativo ressalta que foi aberto processo de declaração de extinção de mandato e oferecido ao parlamentar, o exercício de ampla defesa. Porém, diante da falta de argumentos da defesa e dos entendimentos do Poder Judiciário, “fica declarada a perda do mandato eletivo do vereador Vilson Sebastião Dlugoss (MDB)”.

Segundo a assessoria da Câmara clevelandense, a suplente Edivene Lucia Ferri foi convocada nesta quinta-feira (07) para assumir a vaga no Legislativo. Ela tem até segunda-feira (11) para manifestar se irá, ou não, tomar posse.