A Polícia Civil de Santa Catarina cumpriu na tarde de sábado (18) quatro mandados de prisão em desfavor de um rapaz de 25 anos, suspeito de assassinar o taxista Pedro dos Santos, popular “Pedrinho”. O crime ocorreu na noite de 27 de dezembro, após o suspeito ter contratado a vítima para fazer uma corrida. O corpo do taxista foi encontrado no meio de um matagal na margem da PR-459, entre Reserva do Iguaçu e Pinhão.

A prisão do suspeito aconteceu na SC-390, em Campo Belo do Sul (SC). O criminoso já estava fugindo da cidade. A localização do suspeito é resultado de intenso serviço de monitoramento do setor de investigação da Policia Civil.

De acordo com informações, o suspeito é procurado pela prática de três roubos, dois latrocínios (cometidos nos últimos dois meses), além de diversos crimes de furto. O último crime foi contra o taxista de Mangueirinha, morto a pedradas e pauladas. Em Campo Belo, onde estava desde o início do ano, o suspeito responde criminalmente por cárcere privado, lesão corporal e ameaça.

Segundo a Polícia Civil do Paraná, o suspeito é de extrema periculosidade, sendo um dos mais perigosos e procurados do centro sul do Paraná.

Da redação, com informações da Polícia Civil de SC