A Polícia Militar prendeu na sexta-feira (17) um homem acusado de ameaçar sua esposa em Coronel Vivida. Na casa dele foram apreendidas armas que eram utilizadas nas ameaças.

A ocorrência foi registrada por volta das 9 horas na comunidade Santa Lúcia, interior de Coronel Vivida. Segundo a vítima, na quinta-feira (16) à noite o seu convivente havia chegado a casa embriagado e agressivo, pegando-a pelo pescoço tentando lhe asfixiar, quando conseguiu se soltar pegou suas filhas e saiu correndo de casa, com medo acabou dormindo num “paiol” que tem próximo a casa onde eles residem.

Na sexta-feira (17) por volta das 7 horas, ele conseguiu as encontrar e de posse de uma faca lhe ameaçou dizendo que iria matá-las e beber o sangue delas.  Mãe e filhas saíram correndo e conseguiram acionar a Polícia Militar. Os policiais foram até a residência do casal e conversado com o homem que informou que realmente houve o desentendimento, mas que não haveria acontecido a briga, porém devido ao desejo de representação da vítima o homem foi detido.

Após buscas na residência foi encontrada uma espingarda taquari, um facão medindo 50 cm de lâmina, uma faca medindo 19 cm de lâmina, uma faca medindo 12 cm de lâmina e mais uma bolsa contendo um recipiente com pólvora, outro com espoleta e outro com chumbo que eram usados para fazer o carregamento da espingarda.

Os objetos apreendidos e o autor das ameaças foram levados até a Delegacia de Polícia Civil para os procedimentos.