A Polícia Militar de Mangueirinha cumpriu nesta terça-feira (19), mandado de prisão contra uma mulher, suspeita de participação no homicídio do taxista Pedro dos Santos, o Pedrinho do Táxi, ocorrido em dezembro de 2019.

A mulher teria relação no roubo, sequestro e morte do taxista que trabalhava em Mangueirinha e foi encontrado morto no município de Reserva do Iguaçu.

O corpo do taxista foi encontrado na comunidade de Pinhal, interior de Reserva do Iguaçu, na tarde do dia 28 de dezembro, por um morador da comunidade que deslocava a cavalo. O corpo estava às margens da estrada coberto por galhos. A vítima apresentava uma perfuração na cabeça.

A esposa da vítima relatou na época ele saiu para fazer uma corrida na sexta-feira, 27 de dezembro, por volta das 22h, não sendo mais visto. O veículo, um Ford/Fiesta, foi encontrado nas proximidades da Cooperativa Agrária, as margens da PR- 459 entre Reserva do Iguaçu e Pinhão.

Outro suspeito de participação no crime, um rapaz de 25 anos, foi preso no dia 18 de janeiro, em Campo Belo do Sul (SC). O indivíduo era procurado pela prática de três roubos, dois latrocínios (cometidos nos últimos dois meses), além de diversos crimes de furto. O último crime havia sido contra o taxista de Mangueirinha, morto a pedradas e pauladas.