Na manhã deste sábado (7), um homem de 41 anos que é profissional da área de saúde foi preso por suspeita de estupro de vulnerável. Segundo apurado junto ao Ministério Público e a Polícia Civil de Francisco Beltrão, o profissional teria dopado uma paciente administrando o uso de tranquilizantes para então praticar abusos sexuais com ela, inconsciente.

Durante o cumprimento do mandado de busca e apreensão na residência e também no centro de especialidades onde o profissional atuava foram recolhidos aparelhos celulares, computadores, medicamentos e outros objetos que poderão ser utilizados como provas no caso.

A identificação do acusado não foi repassada pela polícia, pois o caso corre em sigilo. As autoridades seguem investigando o histórico de pacientes para descobrir se houveram outras vítimas.