A Polícia Civil de Palmas elucidou o crime de homicídio qualificado registrado do último dia 19, no loteamento Palmas 1. Na ocasião, Juliano Farias, 36 anos, foi alvejado por disparos de arma de fogo. O autor do crime se apresentou à polícia.

Conforme relatos de pessoas que estavam no local, a vítima teria saído da casa de familiares, por volta das 22h40, quando o autor, de posse de um revólver, efetuou os disparos. A vítima foi socorrida e encaminhada ao pronto atendimento, porém, não resistiu, entrando em óbito.

De acordo com o delegado, Felipe Silva de Souza, a qualificação do homicídio se deu em razão do autor não ter oferecido defesa à vítima, visto que ficou escondido atrás de um carro, esperando a vítima sair da residência para matá-la.

O autor dos três disparos, o qual já havia sido identificado, compareceu na delegacia, assumindo o crime, porém manteve-se em silêncio sobre a motivação. O Inquérito Policial já foi encaminhado ao Poder Judiciário.