O 21º Batalhão de Polícia Militar, de Francisco Beltrão, e o Ministério Público do Paraná, por meio da Promotoria de Justiça de Salto do Lontra, deflagraram na manhã desta quinta-feira (30), a “Operação Integração” em Nova Prata do Iguaçu.

As diligências e investigações policiais, iniciadas a cerca de 2 meses, resultaram em 18 (dezoito) mandados judiciais de busca e apreensão, expedidos pelo Juízo Criminal da Comarca de Salto do Lontra.

De acordo com a investigação, as pessoas investigadas, que não terão seus nomes revelados para não atrapalhar o andamento das investigações, são suspeitas de estarem envolvidas em crimes de tráfico de drogas, posse/porte irregular de armas e munições, receptação de veículos, furtos, homicídio e contrabando/descaminho.

A operação contou também com o apoio da Polícia Federal, Força Nacional de Segurança, do Batalhão de Fronteira (BPFron), e da Polícia Civil de Salto do Lontra. A ação conjunta teve a participação de 80 policiais. Segundo o Capitão Cesar Sebastião da Silva, Comandante da 2ª Companhia da PM com sede em Dois Vizinhos, esse é um esforço dos órgãos de segurança para combater diversos delitos que vem ocorrendo no município de Nova Prata do Iguaçu, em especial o de tráfico de drogas.

O resultado obtido com a operação será divulgado durante a manhã desta quinta-feira, tão logo sejam concluídas as diligências e o cumprimento dos mandados judiciais.

Fotos: Divulgação Polícia Militar