Uma operação conjunta das Polícias Civil e Militar de Palmas resultou na prisão de três pessoas e na apreensão de uma arma de fogo na manhã desta quarta-feira (22). Um dos detidos é um militar aposentado das forças armadas.

A operação foi deflagrada depois que a polícia recebeu informações que um empresário estaria sofrendo extorsão para o pagamento de uma dívida. De acordo com o comandante da Polícia Militar em Palmas, tenente Bruno Lopes Bueno, o grupo que praticava a cobrança de maneira violenta é oriundo de Francisco Beltrão compareceu em Palmas nesta quarta-feira para cobrar os valores devidos.

As equipes policiais realizaram a abordagem dos suspeitos em uma empresa localizada no bairro Caldeiras. As quatro pessoas resistiram a abordagem. Uma delas se apresentou militar aposentado, porém as equipes conseguiram realizar a detenção de todos, inclusive apreendendo uma pistola.

Os suspetios foram encaminhados à sede da Polícia Militar para a confecção do Boletim de Ocorrência. Oficiais da 15ª Companhia de Engenharia de Combate Mecanizada acompanharam a situação por envolver um militar da reserva. Na sequência, o caso foi repassado à  Polícia Civil.

Conforme o delegado Felipe Silva de Souza, no último dia 16 a vítima teria procurado a Polícia Civil para denunciar o caso, visto que um grupo de quatro pessoas, fortemente armadas, esteve na sua empresa para realizar a cobrança de uma dívida a qual  não tinha conhecimento.

Segundo o delegado, as pessoas detidas na operação integram uma empresa especializada na cobrança de dívidas. As informações são de que esta tem forte atuação na região de Francisco Beltrão. A operação deverá desencadear uma nova investigação para apurar a atuação dessa empresa e quem teria contratado os serviços para realizar a cobrança mediante extorsão.