Na manhã deste domingo, 08, por volta das 5h45 um homicídio foi registrado em Erechim, no Rio Grande do Sul, a vítima foi identificada sendo Douglas Nunes Da Silva, 27 anos.

Douglas era jogador de futsal do Corinthians, que estava participando da Taça Brasil de clubes, em Erechim.  Douglas foi alvejado por pelo menos três disparos de arma de fogo, em frente a uma danceteria que fica na AV Sete de Setembro, em Erechim. Segundo relatos de testemunhas, a briga teria começado no caixa do estabelecimento por causa da conta. Após a briga, o jogador foi chamado para fora da danceteria onde um homem que estava em veiculo Peugeot de cor branca teria efetuado os disparos contra a vítima e um dos tiros atingiu a cabeça. O autor do crime fugiu do local.

Prisão do suspeito

O delegado responsável pela investigação, José Roberto Lukaszewigz, interrogou Ricardo Jean Rodrigues, 25, que confessou o crime e não quis falar sobre a origem ou onde está a arma usada no crime. Após os trâmites legais na DP, ele foi conduzido ao Presídio Estadual de Erechim.

O motivo do crime, de acordo com Ricardo, teria sido uma discussão envolvendo o pagamento da conta. O grupo que estava em um camarote do bar, teria tomado espumante e se desentendido na hora do acerto. Conforme o delegado, Rodrigues já havia sido preso anteriormente pela DRACO, por tráfico de drogas e atualmente deveria estar cumprindo pena em regime domiciliar.

Final adiada

Por conta da morte do jogador, a CBFS adiou a final da competição entre Atlântico e Carlos Barbosa. O jogo, que estava previsto para acontecer às 13h45 deste domingo, foi transferido para a próxima terça-feira, 13, às 19h, no ginásio do CER Atlântico, em Erechim.

De acordo com a CBFS, os ingressos adquiridos pelos torcedores de forma antecipada, permanecem valendo da mesma maneira.