• Compartilhe no Facebook
A polícia civil de Coronel Vivida, cumpriu na última terça-feira (25), um mandado de prisão preventiva em desfavor de um homem de 25 anos, acusado de tentar matar a ex-mulher, de 32 anos, a golpes de facão.

O crime ocorreu na madrugada de sábado (22), no Bairro São José Operário, quando o suspeito ao saber que a ex-companheira havia iniciado um novo relacionamento, foi até a casa da vítima e exigiu conversar com ela. O agressor e a mulher foram até um local, onde ele a golpeou violentamente na cabeça com um facão. A vítima ficou agonizando até ser socorrida por terceiros.

A mulher foi encaminhada ao hospital e seu estado é gravíssimo, com risco de morte. Assim que aconteceu o crime, a Polícia Civil iniciou as investigações e representou pela prisão do suspeito. Essa é a terceira vítima de feminicídio do homem, durante seu interrogatório ele confessou ter tentado matar uma outra mulher em 2013, e também de ter matado no final do ano passado outra ex-companheira.

Os feminicídios anteriores ocorreram em Mangueirinha, tendo o suspeito mudado para Coronel Vivida no início de 2019.