• Compartilhe no Facebook

Foto: Polícia Civil.

Na manhã desta segunda-feira (29) a Polícia Civil cumpriu um mandado de prisão preventiva em Coronel Vivida. Foi detido um homem de 34 anos, o qual é acusado de agredir fisicamente sua ex-companheira e de descumprir medidas protetivas de urgência impostas pelo Juízo Criminal da Comarca local.

Segundo a Polícia Civil, o homem já havia sido investigado e indiciado pela Delegacia de Coronel Vivida por ter agredido e ameaçado a ex-companheira no final de dezembro de 2018. Na época a vítima havia requerido medidas protetivas de urgência ao Poder Judiciário, o que foi aceito, sendo o agressor notificado sobre tais medidas.

No mês de abril deste ano, mesmo ciente das medidas contra ele impostas, o suspeito voltou até a residência da vítima e novamente a agrediu e a ameaçou de morte. O novo fato foi comunicado ao poder judiciário e o suspeito teve a prisão preventiva decretada. Nesta segunda-feira, investigadores da Delegacia de Coronel Vivida foram até a casa do suspeito e o prenderam. O detido foi levado a Delegacia de Polícia Civil de Coronel Vivida.