Policiais da Patrulha Rural de Palmas, sul do Paraná, apreenderam no início da noite de domingo (15) uma espingarda calibre 36 e conduziram um homem de 53 anos, acusado de caça ilegal no interior do município.

Segundo relatos do comandante da Patrulha Rural, Cabo Fernandes, denúncias foram efetuadas no 190, relatando que o acusado estaria deslocando para a cidade com uma capivara abatida.

O denunciado foi abordado pelos policiais na estrada principal de acesso ás Vilas Rurais. Cinco pessoas foram revistadas e nada de ilícito fora encontrado, já no bagageiro do carro VW/Gol, foi encontrada uma capivara abatida de aproximadamente 60 Kg.

O condutor do carro assumiu a propriedade da caça e relatou que abateu o animal com um tiro no lago/reserva da Vila Rural, onde teria escondido a arma usada.

Conforme a Polícia Militar, caçar animais silvestres é crime previsto no artigo 29 da Lei 9605, de 1998. A pena para este tipo de crime é de detenção de seis meses a um ano, mais multa.

O denunciado, a arma e o animal abatido foram entregues na delegacia para procedimentos.