A Polícia Civil prendeu em São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curitiba, nesta segunda-feira (18), uma mulher foragida da justiça de Guarapuava. A detida é acusada pelos crimes de favorecimento a prostituição, extorsão e ocultação de cadáver, que foi vítima uma adolescente de 13 anos. Outros dois acusados de participação no crime haviam sido presos em Guarapuava.

A adolescente, morta pelo trio, sumiu de casa no dia 11 de março. No dia 2 de abril, a Polícia Civil de Guarapuava encontrou o corpo enterrado na zona rural de Candói, próximo da Praça de Pedágio. Na ocasião ocorreu a prisão do primeiro acusado do crime. A adolescente teria sido vítima de crime sexual e, após, foi morta por esganadura por um segundo acusado, de 43 anos, preso no dia 23 de abril.

A mulher detida nesta segunda-feira teria intermediado o encontro da adolescente com os dois acusados e também ajudou a enterrar o corpo. Ela ainda teria exigido o veículo de um deles para manter o silêncio. Mesmo com as prisões, a investigação ainda não foi concluída.

Fonte/foto: Polícia Civil 

Polícia Civil prende suspeitos de matar e ocultar corpo de adolescente desaparecida em Guarapuava