A Polícia Militar, juntamente com técnicos da CELESC (Centrais Elétricas de Santa Catarina), registrou um ocorrência de furto de energia elétrica de uma escola municipal de Abelardo Luz, Oeste catarinense.

O caso foi registrado na tarde de terça-feira (14), na Escola Municipal Irineu Bornhausen, onde foi encontrada a ligação ilegal, que levava energia elétrica para uma área, próxima a escola, onde vivem vinte famílias.

A companhia catarinense de energia alertou que além do risco de sobrecarga na rede elétrica, a  prática é considerada crime por se tratar de furto de energia de um terceiro, neste caso o órgão público, que estaria tendo sua fatura de luz onerada. Diante da situação, a Polícia Civil também  também foi acionada para levantamento do fato e lavratura do boletim de ocorrência.