A Polícia Militar da 2ª Cia de Palmas, sul do Paraná, registrou um estupro de vulnerável no bairro Lagoão e duas ocorrências de lesão grave no centro nas últimas horas.

Segundo informações constadas em boletim de ocorrência o menor foi abusado por um rapaz de 28 anos, por volta das 20h desta quinta-feira (21) no bairro Lagoão. A Polícia teve conhecimento do fato após a mãe do menor de 13 anos relatar o caso a autoridade policial. Segundo ela, o filho contou que o rapaz denunciado o agarrou, baixou as calças e a força levou o braço do menor em direção ao seu órgão genital.

O garoto que havia ido até a casa do tio para verificar os constantes latidos dos cachorros, conseguiu se soltar do rapaz e correu até sua casa, onde informou sua mãe, a qual acionou a Polícia através do 190. O agressor que mora na mesma residência do tio da criança, foi preso e conduzido à delegacia para providências.

Na área central um rapaz foi ferido a facadas na região do tórax e nas pernas por volta das 23h de quinta-feira (21). No hospital a vítima relatou a PM que ele e alguns amigos foram atacados por mais de oito pessoas desconhecidas e por motivos fúteis. Ele foi socorrido, hospitalizado e passa bem. O caso será investigado pela Polícia Civil.

Um menor de 16 anos sofreu cortes profundo nos pulsos, após se envolver em uma briga em frente a uma danceteria, por volta das 02h da manhã desta sexta-feira (22). O adolescente foi socorrido pelo Samu e atendido no Pronto Atendimento Municipal. Segundo informações, a briga começou quando o irmão do adolescente se negou a dar um cigarro à outra pessoa que havia solicitado.

Diante da negativa, uma briga começou e na tentativa de defender o irmão, o menor teve o pulso cortado por uma pessoa não identificada que estava com uma garrafa quebrada em mãos. Rondas foram efetuadas mais os agressores não foram localizados.