Mais uma criança vítima de afogamento por leite materno é salva com ajuda de policiais militares em Francisco Beltrão. É o segundo caso em menos de uma semana e aconteceu na tarde desta segunda-feira (13), na Rua José Bonifácio, Bairro São Miguel.

A vítima, um bebê de um mês, estava com a mãe, uma adolescente de 16 anos. Ele mora no bairro e teria saído para levar a criança até a casa de um benzedor, porém quando estava chegado percebeu que a criança estava afogada. Moradores prestaram auxílio e, ao mesmo tempo, acionaram a Polícia Militar.

Uma equipe da ROCAM (Rondas Ostensivas com Apoio de Motos) estavam nas proximidades fazendo patrulhamento e deslocaram imediatamente até o local. Enquanto o soldado Campos deu início ao atendimento de primeiros socorros, os demais integrantes da equipe (soldados Alexsandro, Thomas Stein) entraram em contato com o SIATE. Em poucos minutos, uma equipe chegou, prestou o atendimento e fez o encaminhamento à UPA (Unidade de Pronto Atendimento).

De acordo com soldado Olinski, da ROCAM, o bebê foi submetido a exames, mas está bem. O policial, assim como os demais integrantes da equipe, ficou extremamente feliz pela oportunidade de salvar a vida da criança. “É muito bom podermos ajudar as pessoas, por que normalmente a polícia ´s vista por outros tipos de situação e as pessoas acabam nos julgando, assim temos a chance de mostrar que estamos aí para auxiliar a comunidade em todo o tipo de ocorrência”, disse.