• Compartilhe no Facebook

Parte da carne furtada foi encontrada na casa dos suspeitos, dentro de um freezer. Foto de divulgação

Uma operação das policias Civil e Militar de Santo Antônio do Sudoeste, na fronteira com a Argentina, resultou na prisão de pessoas envolvidas com furto de gado naquela região. Além da prisão, a polícia conseguiu recuperar parte da carne do animal, que foi abatido na propriedade da vítima.

Conforme boletim de ocorrência, o animal abatido era um touro reprodutor avaliado em cerca de R$ 20 mil. O furto ocorreu no dia 5 de março. O crime foi descoberto pelo chacareiro que encontrou as vísceras do animal.

Os suspeitos, que moram nas proximidades, confessaram o crime e apontaram os demais envolvidos. Porém, como não configura mais a situação de flagrante, todos foram ouvidos e liberados. Segundo eles, a carne furtada era separada durante a noite e vendida à populares. Nesse caso, graves problemas de saúde poderiam ter sido registrados, isso por que o proprietário do animal informou que o mesmo havia sido medicado com antibióticos que prejudicam a saúde humana.

A Polícia Civil investiga a possível participação do bando em outros furtos de animais ocorridos na cidade. Os autores poderão responder pelos crimes de furto qualificado, associação criminosa (antigo crime de formação de quadrilha) e corrupção de menor, cujas penas somadas podem ultrapassar nove anos de prisão.

Fonte/fotos: Polícia Civil