Na manhã de segunda-feira (26), por volta das 10h, após denúncias de maus tratos a animais, os policiais militares foram até ao loteamento Koetz, em São João, sudoeste do Paraná, e na área externa de uma residência foi constatado que havia diversos cachorros e galos em situação de maus tratos.

Dois ocupantes da residência foram abordados, e após buscas foram localizados 4 pés da planta “cannabis sativa”, um dichavador, uma grama de maconha, um aquário com uma pequena tartaruga, ao que o abordado informou não possuir autorização para a criação do animal. Na área externa do imóvel foram localizados aproximadamente 7 galos, possivelmente utilizados para rinha de galos, assim como diversos apetrechos para a prática, como seringas, proteção para as esporas, ainda 9 cães com indícios de uso para a prática de caça, e localizadas no matagal próximo diversas armadilhas para animais silvestres.

Um dos abordados utilizava tornozeleira eletrônica, o qual responde criminalmente pelos crimes de tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo, sendo encaminhado à polícia judiciária para os procedimentos cabíveis. Os cães foram encaminhados à ONG do município de São João.

Foto: Polícia Militar.