A Polícia Civil, através da Delegacia da Mulher, com apoio da Polícia Militar, através da ROCAM, ROTAM e P2, cumpriu na manhã desta quarta-feira (30), três mandados de busca e apreensão e dois mandados de prisão preventiva em Pato Branco.

Em um dos locais, o investigado efetuou disparos quando da entrada das equipes policiais, sendo contido e preso em flagrante pelos crimes de disparo de arma de fogo e posse irregular de arma de fogo, pois em sua casa foram encontradas uma espingarda adaptada para calibre 22 e um revólver calibre 32, este usado no disparo.

No outro alvo da investigação, foi apreendido um revólver calibre 38, utilizado pelo investigado para ameaçar a ex-esposa e filha.

Também foi dado cumprimento ao mandado de prisão preventiva de um indivíduo suspeito de diversos crimes de importunação sexual, abordando mulheres que transitavam sozinhas em via publica de Pato Branco, em lugares de pouco movimento, passando a mão em suas partes intimas, fato que vinha assustando as mulheres da cidade pelo grande número de casos.

Após a investigação da Delegacia da Mulher, o autor destes crimes foi identificado, sendo representado por sua prisão preventiva.

Por fim, foram realizadas buscas para dar cumprimento ao mandado de prisão preventiva ao autor de tentativa de estupro ocorrido no dia 30 de agosto de 2019, no bairro Santa Fé de pato Branco, quando o suspeito entrou na casa da vítima, que acordou com ele tocando seu corpo, com órgão genital exposto.

A Polícia chegou até sua identificação através de confronto papiloscópico com material coletado na cena do crime, com posterior confirmação da autoria através de reconhecimento pela vítima, representando então, por sua prisão preventiva, porém, ele não foi localizado.

Nestes tipos de crime, a atuação rápida da polícia e a prisão do autor são importantes para evitar reiteração criminosa, motivo pelo qual a polícia continua nas buscas do suspeito.

Fonte e fotos: Polícia Civil.