O delegado da Polícia Civil de Palmas, Felipe Silva de Souza, em entrevista à Rádio Club FM, falou sobre a prisão preventiva dos três acusados pela morte de Wagner Ramirio Inacio, ocorrida no dia 29 de novembro, após um desentendimento durante uma partida de futebol.

  • Compartilhe no Facebook

O jovem foi morto com uma facada nas costas (Foto: Reprodução/Facebook)

Conforme o delegado, após a apresentação voluntária do trio e a coleta de informações sobre o caso, foi apresentado o pedido de prisão preventiva, cumprida nesta segunda-feira (09).

Os mandados foram cumpridos no Bairro Esplanada, em Palmas, e no Assentamento José Maria em Abelardo do Luz, no Oeste de Santa Catarina.

Informou que o trio encontra-se detido na Cadeia Pública de Palmas. A Polícia Civil tem um prazo de dez dias para a conclusão das investigações, que deverão levar os elementos a serem indiciados pelo crime de homicídio qualificado.

Ouça a entrevista no player abaixo:

Foto de capa: Polícia Civil