Inicialmente tratada como afogamento, a morte de Valderilio da Rosa, 40, cujo corpo foi encontrado boiando nas águas do Rio Chapecó, em Abelardo Luz, Oeste de Santa Catarina, passa a ser investigada pela Polícia Civil como latrocínio.

O desaparecimento foi registrada no domingo (25), após Valderilio ter saído ainda no sábado (24) para uma pescaria, não sendo mais visto. O Corpo de Bombeiros foi acionado, realizando buscas em áreas de mata e rio.

O corpo foi encontrado no inicio da tarde de segunda-feira (26), por amigos da vítima que ajudavam nas buscas. Retirado da água, o corpo apresentava diversos ferimentos causados por arma branca.

O caso é tratado pela Polícia Civil como latrocínio, visto que a vítima foi encontrada sem nenhum pertence pessoal.