• Compartilhe no Facebook

Equipe do SOE – Seção de Operações Especiais do Depen de Cascavel, esta no local

Cerca de 300 presos que estão cumprindo pena na cadeia pública de Pato Branco, no Sudoeste do Estado, iniciaram uma rebelião na noite deste último sábado (15). Um quebra-quebra teria iniciado logo após uma tentativa frustrada de fuga em massa.

Os presos fizeram buracos no teto e teriam tentando a fuga. Os agentes que monitoravam a cadeia, tinham informações do setor de inteligência dos presídios, que algo estava programado para os próximos dias e efetuaram a abordagem evitando a evasão do local, efetuando disparos de arma de fogo com bala de borracha.

As negociações iniciaram com a chegada da Tropa de Choque do DEPEN. De acordo com o coordenador regional do DEPEN,  Marcos Andrade, uma equipe do SOE – Seção de Operações Especiais do DEPEN de Cascavel, está no local e deve entrar nas galerias para efetuar retirada dos possíveis feridos.

As ruas em torno da cadeia estão interditadas. O local, a exemplo de outras cadeias públicas do Estado, está acima da sua capacidade. O espaço que hoje poderia abrigar 40 presos e está com uma média de 300 detentos.