Um homem foi encontrado morto, com um machado cravado na cabeça, na madrugada desta quarta-feira (01), em Abelardo Luz, Oeste de Santa Catarina. Alex do Espírito Santo, 36, apresentava cortes por todo o corpo. A suspeita é que a vítima tenha sido morta pelo filho, um adolescente de 16 anos, que teria deixado uma carta assumindo a autoria.

A Polícia Militar foi acionada por volta das 02h para o atendimento da ocorrência na rua 1500, no bairro São João Maria. No local, a esposa da vítima relatou ter chegado do trabalho e ao entrar no quarto encontrou o corpo do marido sobre a cama.

Populares repassaram informações à PM de que o filho da vítima teria deixado a residência a bordo de um Ford/Fiesta, placas de Nova Hartz/RS. Buscas são realizadas, mas o suspeito ainda não foi localizado. O Instituto Geral de Perícias (IGP) realiza os levantamentos do local. O corpo de Alex, que era funcionário público municipal, atuando no transporte escolar, ainda não foi liberado ao IML (Instituto Médico Legal). A Polícia Civil inicia as investigações em torno do primeiro homicídio registrado em Abelardo Luz em 2017.