A Polícia Militar em apoio ao Conselho Tutelar estiveram na manhã de quarta-feira (06), no Colégio Estadual Cely Tereza Grezzana, localizado na comunidade de São Francisco, interior de Chopinzinho, onde um aluno teria quebrado móveis e objetos do estabelecimento de ensino.

Segundo o boletim de ocorrência, a pedagoga relatou que um adolescente de 14 anos se exaltou e começou a quebrar a porta da sala de aula, a lixeira e os armários, ao ser questionado por professores e direção do colégio sobre o motivo de estar causando os danos, disse “faço porque quero” falando ainda palavras de baixo calão à professora.

Professores e alunos relataram que o adolescente faz bulling com alunos que estudam na mesma sala, ameaça a todos para não contarem o que ele faz no colégio, além de fazer ameaças às professoras e demais integrantes da equipe pedagógica.

O adolescente foi conduzido pelo Conselho Tutelar à sede do 2º Pelotão da Polícia Militar e na sequencia encaminhado à Delegacia de Polícia Civil de Chopinzinho.