O Tribunal do Júri da comarca de Abelardo Luz, Oeste de Santa Catarina,  realiza nesta sexta-feira (17), o julgamento de dois homens acusados de feminicídio. A vítima, Aline Correa, 25, foi morta em abril de 2018. O corpo foi encontrado no rio Chapecó, apresentando requintes de crueldade, com partes dilaceradas.

+ Corpo de jovem desaparecida em Abelardo Luz é encontrado

  • Compartilhe no Facebook

Aline Correa teve partes do corpo dilaceradas(Foto: Reprodução/Facebook)

A jovem desapareceu no dia 26 de abril do ano passado. No dia 29, o corpo foi encontrado boiando nas águas do rio Chapecó. Um dos suspeitos foi preso em Palmas, Sul do Paraná, no dia 07 de maio. Segundo o delegado de Polícia Civil de Abelardo Luz que comandou as investigações na época, Evandro Luiz Oliveira de Abreu, os suspeitos, de 40 e 26 anos, foram presos em uma ação envolvendo Policiais Civis de Abelardo Luz, Xanxerê e canil de São Lourenço do Oeste, além do apoio da Polícia Militar de Abelardo Luz e do município paranaense.

+ Suspeito de homicídio é preso em Palmas

Os dois suspeitos foram recolhidos ao Presídio Regional de Xanxerê. O júri é presidido pelo Juiz da Comarca de Abelardo Luz, Emerson Carlos Cittolin Dos Santos, na acusação o Promotor de Justiça, Cristopher Augusto Danielski e na defesa, os advogados Arley Charles Ruas Lubi e Christiane Beatriz Costa.

*colaboração Moacir Chaves