A Polícia Civil, através da Delegacia da Mulher de Pato Branco, prendeu na manhã desta quinta-feira (27) um homem suspeito de abusar sexualmente de uma criança de dois anos. Ele e sua esposa mantinham na residência uma espécie de “home care”, cuidando de crianças entre um e seis anos.

A denúncia sobre o abuso chegou à Polícia Civil pela mãe de uma destas crianças, que após deixar o local, reclamou de dor no órgão genital e disse que a lesão decorreu de um ato libidinoso praticado pelo cuidador. O abuso foi confirmado através der exame pericial feito no IML de Pato Branco.

Diante da confirmação, a Polícia Civil pediu a prisão preventiva do suspeito, já que seu contato com outras crianças, na condição de cuidador, trazia o risco de que outros abusos ocorressem.

O Conselho Tutelar acompanhou a diligência para identificar as demais crianças que ficavam sob os cuidados do casal e acionar seus familiares. Um Inquérito Policial foi instaurado para apurar o crime de estupro de vulnerável, previsto no artigo 217-A do Código Penal, o qual prevê pena de reclusão de 8 a 15 anos.

Fonte: Polícia Civil