Menu Envie sua pauta
Grupo RBJ de Comunicação
Grupo RBJ de Comunicação,
17 de janeiro de 2022
Rádios

Palmense João Vitor é tricampeão Paranaense de Velocross

Com apenas 16 anos, ele é o piloto mais jovem da categoria.

Esporte

por Ludimar Fontana

JOÃO VITOR DE LIMA
João Vitor de Lima - Tricampeão Paranaense de Velocross
Publicidade

O jovem piloto palmense, João Vitor de Lima, 16 anos, tornou-se tricampeão Paranaense de Velocross 2021. Neste ano, o estadual teve a realização de cinco etapas. Para chegar ao título da categoria intermediária VX2, João chegou 300 milésimos de segundo à frente do seu concorrente, justamente na última etapa em Campina Grande do Sul. O novo troféu se juntará ao de 2018 (Cat. 65cc) e 2020 (Cat. Júnior). Outro palmense desta categoria, Gabriel Menegusso, terminou o campeonato na 3ª colocação.

– Dedico este título à minha família, que sempre me deu todo suporte para que eu pudesse disputar estas competições, destacou o palmense na entrevista ao programa Club nos Esportes da Rádio Club.

[Grupo RBJ de Comunicação] Palmense João Vitor é tricampeão Paranaense de Velocross — João Vitor com os pais Giany e Mauro
João Vitor com os pais Giany e Mauro

Intermediária VX2

João Vitor iniciou na modalidade aos 6 anos de idade. Chegou na categoria Intermediária como o piloto mais jovem do estado. Agora, por ter sido campeão, ele sobe automaticamente para a categoria VX2 em 2022, a qual terá no gate os melhores pilotos paranaenses, alguns com mais de 20 anos de pista e com títulos estaduais e nacionais.

Publicidade
Publicidade

Além disso, outro desafio será o tempo de prova, que pula de 12 para 20 minutos. “Agora, será preciso trabalhar muito com a cabeça, ser estratégico para não cometer erros”, avalia João.

Desafios

Assim como em outras modalidades individuais, o tricampeão Paranaense também esbarra na falta de patrocínios. A maior apoiadora do palmense é a empresa de Curitiba –  Jarva Racing, que custeia peças e manutenção da moto.

Com tanto talento e pouca idade, Giany Menin e Mauro Ferraz, pais do João Vitor, esperam que empresários de Palmas também possam colaborar com a carreira dele “O João apesar de todos estes títulos, ainda não tem um curso específico nesta área, algo que seria fundamental para o crescimento dele, porém os custos não são baixos e o que temos no momento nós concentramos tudo para mantê-lo ativo nas competições”, explicou Menin.

Publicidade
Publicidade

Interessados em ajudar no custeio do curso de aperfeiçoamento do João Vitor ou para patrociná-lo, podem entrar em contato com a família pelo 46 9 8402-8823.

Publicidade