Menu Envie sua pauta
Grupo RBJ de Comunicação
Grupo RBJ de Comunicação,
28 de setembro de 2021
Rádios

Palmas segue Governo do Estado e publica decreto com autorização para determinados tipos de eventos

Porém, uma série de medidas devem ser seguidas pelos participantes, como comprovação de vacina ou teste negativo.

Saúde

por Guilherme Zimermann

mic-6375215_1920
Foto: Mykola Volkov/Pixabay
Publicidade

Seguindo o Governo do Estado, o município de Palmas publicou novo decreto, flexibilizando restrições para contenção da Covid-19. Dentre as medidas constantes no decreto municipal 3875/2021, está a autorização para a promoção de determinados eventos. As novas normas têm validade até o dia 15 deste mês.

O toque de recolher segue vigorando das 00h às 05h, diariamente, assim como a proibição da venda e consumo de bebidas alcoólicas em espaços públicos no mesmo horário.

Pelo decreto, é permitida a realização de algumas categorias de eventos, desde que respeitadas todas as medidas de prevenção. Em locais abertos, para público exclusivamente sentado ou delimitado, sem consumo de alimentos e bebidas, poderão ser realizados eventos com capacidade máxima de 60% do previsto para o local, desde que não ultrapasse 500 pessoas. Já se houver consumo de alimentos e bebidas, a lotação prevista é de 50%, também para o máximo de 500 pessoas. Em locais fechados, por sua vez, a taxa de ocupação é de 40% para até 500 pessoas, sem nenhum tipo de consumo.

Em ações que envolvam comidas e bebidas, o regramento estabelece o limite de 400 pessoas e lotação de 30% do previsto, respeitando a seguinte ordem: I – espaços com capacidade máxima de 200 pessoas poderão receber eventos de até 80 pessoas; II – espaços com capacidade entre 201 a 500 pessoas, poderão sediar eventos de no máximo 150 pessoas; III – espaços com capacidade entre 501 a 1000 pessoas poderão sediar eventos de no máximo 300 pessoas; e IV – espaços com capacidade máxima acima de 1001 pessoas poderão sediar eventos de no máximo 400 pessoas.

Publicidade
Publicidade

Um conjunto de regras específicas prevê a realização de eventos, desde que com retorno de forma gradual e escalonada. A participação nos eventos só será permitida com apresentação de teste negativo ou comprovação do esquema vacinal da Covid-19. Ou seja, no caso da vacina, deve-se comprovar a aplicação das duas doses nos casos das vacinas Coronavac, Astrazeneca e Pfizer. Caso tenha recebido apenas uma das doses ou nenhuma, deve-se apresentar o teste negativo para Covid-19.

Contudo, o decreto mantém proibição para eventos dançantes ou que envolvam contato físico entre os frequentadores. Também seguem suspensos:

* eventos em local fechado que não possua sistema de climatização com renovação do ar e Plano de Manutenção, Operação e Controle atualizados;

* eventos que demandem a permanência do público em pé durante sua realização;

Publicidade
Publicidade

* eventos com duração superior a 6 horas;

* eventos esportivos com presença de público;

* eventos que não consigam garantir o controle de público no local ou que possam atrair presença de público superior àquele determinado nesta norma, como exposições e festivais;

* eventos de caráter internacional;

Publicidade
Publicidade

* eventos realizados em locais não autorizados para esse fim;

* eventos que não atendam os critérios previstos no decreto e demais normativas vigentes.

Publicidade