Menu Envie sua pauta
Grupo RBJ de Comunicação
Grupo RBJ de Comunicação,
27 de maio de 2022
Rádios

Ministério da Saúde habilita Hospital do Câncer de Francisco Beltrão

Conquista

CotidianoEconomiaSaúde

por redação

Publicidade

O Ministério da Saúde assinou portaria na tarde desta terça-feira (22), habilitando o Hospital do Câncer de Francisco Beltrão (Ceonc) para atendimento oncológico por meio do Sistema Único de Saúde (SUS) na região Sudoeste do Paraná. Depois de oito anos de uma campanha que mobilizou lideranças políticas e a sociedade do Sudoeste para diminuir as distâncias e o sofrimento dos pacientes de câncer em busca de atendimento em outras regiões do estado, agora, a partir da publicação da portaria em Diário Oficial da União, a unidade do Ceonc de Francisco Beltrão deverá atender a demanda hoje estimada de 1.500 pacientes por mês em consultas. O Ceonc também fica habilitado a realizar 600 pequenas cirurgias, 300 cirurgias de média e alta complexidades e 400 procedimento de quimioterapia nesse mesmo período.

O diretor do hospital, Paulo Ferri, a deputada estadual Luciana Rafagnin, o deputado federal Zeca Dirceu e o vice-prefeito de Francisco Beltrão, Eduardo Scirea, presenciaram em Brasília a assinatura da portaria pelo secretário de Atenção à Saúde do ministério, Helvécio Miranda. Depois da cerimônia no Ministério da Saúde, eles foram recebidos pela ministra-chefe da Casa Civil da Presidência da República, Gleisi Hoffmann, que foi uma das lideranças políticas que se sensibilizaram com a causa da saúde do Sudoeste, antes mesmo do seu ingresso no governo federal.

Além de assinar a portaria ministerial, o secretário Miranda anunciou também que dentro dos próximos 60 dias o Ceonc de Francisco Beltrão deverá estar credenciado para realizar serviços de radioterapia e a demanda prevista é de cerca de 200 procedimentos ao mês.

“Uma grande conquista para o povo de Beltrão e do Sudoeste, que trará conforto às famílias e pacientes que vencem grandes distâncias em busca de atendimento oncológico” (Luciana Rafagnin).

Publicidade
Publicidade

“Foram decisivas e importantes as atuações das nossas lideranças políticas, como os deputados Luciana e Zeca e a ministra Gleisi, nessa soma de esforços pautada pela convicção de que a política é um instrumento para levar bem estar à população. É sobretudo um atendimento humano” (Eduardo Scirea).

“Essa habilitação do Ceonc vai ficar para a história da região Sudoeste. Foi uma luta de muitos anos. Fiquei muito honrado pela confiança que foi depositada em mim pela deputada Luciana Rafagnin e pelo vice-prefeito Eduardo, pelo prefeito Neto, pelo Dr. Paulo Ferri do Ceonc e por tantas outras pessoas que confiaram na minha interlocução com o ministro Padilha e com o Ministério da Saúde.” (Zeca Dirceu).

Publicidade