Foi realizado na última semana em Passos Maia, oeste de Santa Catarina, um novo um encontro para discutir o projeto de abertura do Parque Nacional das Araucárias à visitação turística. O workshop Turismo de Observação de Aves para Gestores de Unidades de Conservação, Pousadas e Empreendimentos Turísticos reuniu dezenas de pessoas e foi organizado pelo SEBRAE, a administração de Passos Maia e Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (Icmbio), que tem seu escritório regional em Palmas, sul do Paraná.

Participaram membros do Parque das Araucárias e Parque Fritz Plaumann, além de gestores públicos das Prefeituras de Ponte Serrada e Passos Maia, empreendedores locais e diversos proprietários de áreas interessados em investir no turismo.

Foto: Marcos Danielli/Apremavi
  • Compartilhe no Facebook

Foto: Marcos Danielli/Apremavi

Na ocasião a consultora, Maria Antonietta Castro Pivatto, falou sobre estruturação das propriedades e organização de possíveis empreendimentos voltados ao turismo no local. Além das exposições teóricas foram percorridas várias trilhas no interior do parque para identificação dos espaços adequados e as adaptações necessárias para o turismo.  

O chefe do Parque Nacional das Araucárias, Juliano Rodrigues Oliveira, destacou que a visitação de aves é uma atividade turística específica e movimenta milhões de pessoas no mundo, com grande aceitação também no Brasil. Explicou que a proposta desenvolvimento turístico no parque vem sendo discutida há váris meses pelo conselho gestor da unidade. Avaliou que até o final do ano já deverá haver uma trilha estruturada para receber os visitantes.