Um veado foi encontrado morto no terreno do campus Palmas do Instituto Federal, de Educação, Ciência e Tecnologia. Ferido por arma de fogo, o animal teve parte devorada por cães.

O animal silvestre que, provavelmente, habitava a extensa área de mata nativa do local, foi encontrado pelos servidores ao chegar para o trabalho na manhã desta segunda-feira (15), próximo à garagem e aos viveiros da instituição.

Uma das professoras do Campus percebeu uma movimentação de cães e solicitou que vigilante fosse averiguar. Este constatou que no corpo do animal haviam  perfurações provocadas por projéteis de arma de fogo.

O Campus está instalado numa área de  70 hectares, grande parte de mata nativa, onde são encontrados vários animais silvestres vivendo em liberdade.

Em nota ao RB, informam que não há informações sobre o ocorrido entre a madrugada de domingo para segunda-feira.  “Chegamos para trabalhar e o animal já estava no local”, diz a nota da Assessoria de Comunicação local. Aponta que possivelmente ele veio ferido de algum outro loca em busca de refúgio e veio a óbito naquele local.