Até o próximo mês de outubro deverão estar instaladas todas as placas de sinalização das diversas Unidades de Conservação(UCs) federais pelo Sul do país. Conforme a publicação ICMbio em Foco, o objetivo é sinalizar os limites das unidades e alertar motoristas que transitam nas estradas do entorno quanto à travessia de fauna.

Em março foi iniciada sinalização no Refúgio da Vida Silvestre Campos de Palmas(Palmas- General  Carneiro), Estação Ecológica Mata Preta(Abelardo Luz e Parque Nacional das Araucárias(Passos Maia-Ponte Serrada), vinculadas ao Núcleo de Gestão Integrada(NGI), com sede em Palmas.

A medida harmoniza a relação entre humanos, fauna e a flora, evitando acidentes, como atropelamentos. Além disso, promovem a educação ambiental ao alertar sobre a correta conduta no interior das unidades.

A sinalização ocorre através de parceria com a Eletrosul Centrais Elétricas S.A. em atendimento à condicionante estabelecida no processo de licenciamento ambiental conduzido pelo IBAMA.

O objetivo principal das placas é sinalizar os limites das unidades e alertar motoristas que transitam nas estradas do entorno quanto à travessia de fauna. (foto: ICMbio/Palmas)