Dando sequencia as operações de repressão aos crimes ambientais na fronteira Sudoeste do Paraná com a Argentina, a Polícia Federal apoiada pela Força Nacional fiscalizou nesta terça-feira (16) o Rio Iguaçu, no trecho compreendido entre os municípios de Capanema, Realeza e Capitão Leônidas Marques.

A fiscalização foi iniciada as 8 horas da manhã e concluída as 18 horas. Nesse período foram apreendidas redes de pesca, linhadas, fisgas e destruídas quatro embarcações de madeira, encontradas escondidas numa área de preservação permanente. Também foi feita fiscalização de outras sete embarcações flagradas navegando no Rio Iguaçu.

De acordo com Gildeto Meira, agente da Polícia Federal, essa foi mais uma operação de combate à crimes ambientais nos rios da fronteira com a Argentina, parte das ações da Operação Fronteira Segura. O trabalho terá continuidade com a fiscalização em outros trechos, também frequentados por pescadores e caçadores.

Fonte e imagens: Polícia Federal