O proprietário de uma área de terra, junto com o operador de escavadeira hidráulica, foi conduzido à Delegacia de Polícia Civil de Francisco Beltrão, no Sudoeste do Estado, nesta quarta-feira (16). Ambos cometeram crime ambiental de desmatamento, segundo constatado pela Polícia Ambiental (Força Verde) durante averiguação de uma denúncia anônima.

Os crimes foram cometidos em quatro pontos distintos da propriedade. No primeiro foi encontrada uma escavadeira hidráulica realizando a derrubada da vegetação. Segundo constatado, foi feita a derrubada de uma área com 2,6 hectares de vegetação secundária em estágio avançado de regeneração do bioma Mata Atlântica.

Em outros dois pontos, os policiais ambientais também encontraram o desmatamento da vegetação nativa, porém, aparentemente as árvores teriam sido derrubadas há alguns meses, totalizando nesses dois pontos 13 hectares de desmatamento. Além disso, a equipe encontrou 0,09 hectares de Área de Preservação Permanente (APP) destruída. Entre as espécies derrubadas foram identificadas a canela, guabiroba, rabo-de-bugio, açoita-cavalo, angico, Cabreúva e Guajuvira.

O valor dos Autos de Infração Ambiental aplicados pela Polícia Ambiental totalizaram em R$ 159.000,00.

Fonte/fotos: Polícia Ambiental