Uma araucária de mais de 19 metros de atura é cartão postal do bairro Novo Horizonte em Pato Branco. Até a rua cedeu espaço para a beleza da Araucária que tem aproximadamente quatro metros de diâmetro. Localizada na Rua Bento Gonçalves, ninguém sabe ao certo qual é a idade da árvore que é idolatrada pelos residentes da rua. Para transitar pela via, os motoristas precisam desviar. Devido a este desvio, não há nem mesmo a necessidade de uma lombada para reduzir a velocidade. Motoristas que trafegam pelo local para ir ou voltar dos bairros Veneza, Novo Horizonte ou Canaã precisam fazer uma simples curva, pois este gigante nativo paranaense está literalmente no meio da rua, cercada por arbustos em um canteiro central.

É bom lembrar que uma das espécies que mais corre risco de extinção é a araucária, ou Pinheiro-do-Paraná, classificada desde 2006 como criticamente ameaçada. O dado é da Lista Vermelha da União Internacional para Conservação da Natureza, divulgada recentemente. A espécie teve sua área reduzida nas últimas décadas por causa da conversão de matas nativas em áreas de agricultura e silvicultura. Muitas outras espécies estão ameaçadas por causa das atividades humanas.