Com a participação de 16 estados, a edição deste ano da Operação Mata Atlântica em Pé, ação executada por unidades do Ministério Público brasileiro para combater o desmatamento e garantir a proteção de regiões que integram o bioma da Mata Atlântica, culminou na fiscalização de 500 áreas de floresta e na confirmação de 5,3 mil hectares de desmatamento, com a aplicação de perto de R$ 22 milhões em multas.

As fiscalizações foram feitas entre os dias (16) e (20) de setembro com apoio da Polícia Militar, do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e órgãos estaduais ligados à questão ambiental. O promotor de Justiça Alexandre Gaio, do Ministério Público do Paraná, foi o responsável pelas operações em todo país.

No Paraná, as fiscalizações foram executadas pela Polícia Ambiental do Paraná/Força Verde, com ações concentradas nos municípios de Prudentópolis, Guarapuava, Pinhão e Reserva do Iguaçu, região em que prevalece a floresta ombrófila mista, a Mata de Araucária.

O comandante das ações nos municípios mencionados, tenente-coronel Adilson Luiz Corrêa dos Santos, da Polícia Ambiental do Paraná – Força Verde, apresentou o resultado da operação. As equipes realizaram vistorias em 53 pontos, constatando 688 hectares de floresta devastada ilegalmente. Foram apreendidos 104 metros cúbicos de madeira, equivalente a 8 caminhões, e expedidos 53 ofícios com informações de crime ao Ministério Público, além de lavrados 85 autos de infração e aplicadas multas no valor total de R$ 6.204.850,00. As ações ainda acontecem em outras regiões no decorrer desta semana.

Fonte: MPPR