O 10º Grupamento de Bombeiros, que atende vinte e sete municípios da microrregião Sudoeste, registrou nos últimos dias, um aumento significativo no número de queimadas, uma média de dez ocorrências por dia, a maioria delas em Francisco Beltrão.

Em uma estatística levantada pela própria corporação, foi constatado um aumento de aproximadamente 70% nos incêndios ambientais, comparando o mesmo período do ano passado (janeiro à abril).

De acordo com a tenente Débora Kolossoskei, o tempo seco e a falta de chuvas são os principais fatores que influenciam no aumento de ocorrências nesta época do ano, mesmo assim, a população não toma os cuidados devidos.

Em entrevista à rádio Onda Sul, ela lembra que atear fogo em vegetação além de crime, traz perigo às residências e estruturas próximas. A fumaça é outro fator prejudicial à saúde, principalmente de crianças e idosos.

Confira na íntegra, a entrevista com a Tenente Débora Kolossoskei do 10º Grupamento de Bombeiros:

Em Francisco Beltrão, a Secretaria de Meio Ambiente orienta a população que folhas, grama e galhos gerados dentro dos lotes sejam preferencialmente utilizados como compostagem dentro do terreno, ou colocados em sacos plásticos e descartados junto com o lixo orgânico no dia da coleta.

Confira na íntegra, uma entrevista com o secretário de meio ambiente, Adriano David: