Fiscais e analistas do Núcleo do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) de Palmas e a Polícia Militar Ambiental de Santa Catarina, realizaram uma operação para desativar pontos de caça dentro da Estação Ecológica da Mata Preta, no município de Abelardo Luz, e do Parque Nacional das Araucárias, nos municípios de Ponte Serrada e Passos Maia.

O trabalho envolveu a destruição de gaiolas, armadilhas de laços, esperas e cevas. Os principais animais alvos dos caçadores na região são pacas, catetos, cutias, veados, quatis, javalis e tatus.

Para localização dos pontos de caça, a equipe percorreu diversos quilômetros de trilhas em meio a floresta. Também foram constatadas ocorrências de desmatamento no interior das unidades.

A Operação Anhangá 3 contou com a realização de barreiras em estradas nas proximidades das unidades onde foram inspecionados veículos e realizada a orientação aos condutores sobre a importância das unidades de conservação.

Fonte: ICMBio