O Instituto Ambiental do Paraná (IAP) recebeu recentemente novos pedidos para licenciamentos para nove empreendimentos de geração de energia nas regiões Sudoeste e Centro Sul do Estado. São projetos para construção de Centrais de Geração (CGH); Pequenas Centrais Hidrelétricas(PCHs) e uma Termoelétrica, totalizando 76 megawatts.

Na região Centro Sul está há projeto para a PCH São Jerônimo, nos municípios de Pinhão e Guarapuava e as CGHs Bitur e Beltrame, Pinhão. Na mesma região, a PCH Cavernoso III, em Virmond; CHG Cavernoso IV, entre Cantagalo e Candói e as PCHs Foz do Capão Grande e PCH Pituquinhas, entre Pinhão e Reserva do Iguaçu.

Também há estudos para empreendimento termoelétrico em Cantagalo. A Usina(UTE) São Pedro, em Cantagalo pretende gerar energia a partir da queima de cavaco de eucalipto, pinus, resíduos florestais e de madeireiras. Além disso pretende utilizar retalhos de tecidos oriundos das indústrias de confecções do norte do estado, que produzem juntas, 30 toneladas ao dia do resíduo.

Na região Sudoeste do Estado, estão projetadas as CGH Camping entre Santa Izabel do Oeste e Salto do Lontra – PR e a regularização da CGH Afirmac, em Clevelândia – PR, que foi construída em 1968.

Após o trâmite dos pedidos de licenciamentos são marcadas as Audiências Públicas, conforme determina a Constituição Federal consagra em seu artigo 225, para que que a população obtenha os esclarecimentos e elucidações sobre suas características e impactos (negativos e positivos) através da apresentação do Relatório de Impacto Ambiental (RIMA). Só com anuência da sociedade é que é emitida a primeira das licenças, a Licença Prévia(LP) para os empreendimentos.